DAUTON JANOTA (255 pts)

NILTON BICALHO (61 pts)

MUZAK (45 pts)

PEDRO CLAUDIO (50 pts)

SYDNEY GANHO (60 pts)

GUILHERME SCHEIBE (49 pts)

EDUARDO PERROUD (52 pts)

AMAURY BENTES (123 pts)

GÉRIO (93 pts)

LUI FERNANDO (151 pts)

FÁBIO DUARTE (79 pts)

JOTA LAGO (40 pts)
Treinamento PontoFlash de Flash e ActionScript

Queria fazer um sistema de busca.

Que programas tiram as bordas, barra de título de um projetor (executável)?

Como desabilitar botões do Level0, quando abro um arquivo no level1?

Quero que numa conta (divisão) apareçam, no resultado, somente 2 casas decimais.

Como fazer para desabilitar a tecla tab do menu de botões?

Como faço para carregar um movie clipe da cena 2 na cena1 do mesmo swf?

Como dividir uma palavra (string) e utilizar as suas letras para criar variáveis ou uma array (matriz)?

Como classificar um array por um de seus itens?

Como inserir um flash numa pagina html de sem background ou transparente?

Preciso fazer o "play" ao contrario, ou seja voltar do último para o primeiro frame.

Como fazer um objeto andar no MouseOver?

Quero intercalar a visivilidade de movieclips.

Como fazer um banner rotativo no flash?

Vídeo no Flash - programa que fiz.
Shake - navegador tremendo.

Spectrum Analizer - Medidores de som

Variáveis no Flash MX

Utilização da class XMLConnector

Programando objetos 3D em Plataformas 2D como a do Flash

Uso da tecla tab num formulário Flash.

Detectando funções de browser usando ASP

Flash MX 2004 - class e prototype

Objeto Array: métodos sort() e reverse().

Funções : localToglobal() e globalToLocal()

Flash e X-Technologies · A Nova Ordem do Mundo?

Grade sonora.
Set focus

3dv3trails

Duplicate MC

Calendário

Prototype, exemplo simples

Mouse Hide

ComboBox com load movie

Giros color

Scroll velo over

shared Objects

Tabela periodica

Sombras
HOME | TUTORIAIS
Aplicativo Dirigido por Dados com XML
por Leandro Amano

Conhecimentos: Este artigo pede um conhecimento básico de ActionScript, mas é necessário ter uma familiaridade com o Flash. Como por exemplo, já saber o uso adequado de instâncias. Não é necessário saber nada sobre XML.

A linguagem XML tem sido frequentemente utilizada por desenvolvedores como método de resposta do servidor. Mas o que é XML? Para que serve? Comentei que não precisamos saber XML para desenvolver esse tutorial, mas recomendo que leiam sobre isso mais a fundo, inclusive sobre DTD e XSLT.

Bom, XML é uma meta linguagem estruturada, que possui padrões que facilitam o desenvolvimento e o entendimento por diversas linguagens. Com um único arquivo podemos gerar várias saídas para várias linguagens, por exemplo, num editor de texto (recomendo o Dreamweaver 8, está muito bom para desenvolvimento XML, XHTML estrito e DTD), digito:

<agenda>
<pessoa nome="Leandro" sobrenome="Amano" email="amano@leandroamano.com.br">Deselvolvedor Macromedia ENG.... blablablabla</pessoa>
<pessoa nome="Tiago" sobrenome="Venegas" email="tiago@site.com.br">Deselvolvedor Macromedia, ENG, Vorttice.... blablablabla</pessoa>
<pessoa nome="Neto" sobrenome="Leal" email="neto@site.com.br">Deselvolvedor Macromedia IMedia.... blablablabla</pessoa>
<pessoa nome="Juliano" sobrenome="Polito" email="polito@site.com.br">Deselvolvedor Macromedia ENG.... blablablabla</pessoa>
</agenda>

Como observamos acima, não temos tags obrigatórias a seguir. Devido a sua estrutura de árvore, vamos chamar essas tags de nós. O único padrão que tivemos de seguir foi que ao iniciar devemos possuir um nó inicial no caso <agenda>. Dentro desse "pai" temos quatro "filhos", cada um com seu nó de nome pessoa, os quais também fechamos ao terminar de atribuir uma descrição para a pessoa.

Nesse exemplo nosso primeiro nó, agenda, pode ser acessado por firstChild, seu nome seria acessado por nodeName. Então firstChild.nodeName nos retorna agenda.

Com este único documento podemos gerar várias saídas, como por exemplo para um dispositível móvel, PDF, documentos Adobe como In Design. Essa meta linguagem é muito boa para compreensão também como entrada de dados, mas neste módulo não vamos falar sobre isso.

Há muitas formas do servidor responder a uma requisição e a maioria delas pode ser utilizada com aplicações Flash. Depende apenas da maneira como os dados de resposta são trabalhados pelo desenvolvedor Flash.

Vamos parar com o XML por aqui.

A partir dessas informações vamos testar algumas coisas no Flash. Não esquecendo que o XML deve vir de uma requisição http do servidor através de um ASP, PHP, ColdFusion, JSP, etc.
Salve o texto acima como xmlBasico.xml, defina a codificação Encoding: UTF-8, isso nos permitirá ler todos os acentos no Flash.

No Flash Document em branco:

Salvem o arquivo na mesma pasta do XML.

Farei todas as actions no frame 1 chamado AS, mas nada nos impede de fazer os textos dinâmicos desenhando-os. No layer AS, chamamos a janela de actions (F9) e nela colocamos o seguinte:

var leitor:XML = new XML();
leitor.load("
xmlBasico.xml");
leitor.onLoad = leia;
leitor.ignoreWhite = true;

Vamos entender as Actions, na primeira linha estou dizendo que leitor será um objeto XML.
Esse objeto XML irá ler o arquivo xmlBasico.xml.

Ao ler nosso objeto não faz nada, por isso inclui a ação onLoad, que diz que ao carregar o xml chamará a função leia.

Na quarta linha estamos dizendo que vamos ignorar os espaços em branco.... mas como assim ignorar espaços em branco? Sim, isso mesmo, devido ao Flash ler o XML a risca, cada tabulação ou quebra de linha é considerado como caractere de espaço, por isso vamos ignorá-los.

Abaixo deles vamos criar alguns textos. Vocês podem criar os textos no palco mesmo. Devem ser dinâmicos e conter os nomes nas instâncias e não na variável. Vou criar tudo dinamicamente mas não explicarei isso. Tentarei também criar do jeito mais simples possível, sem loop e sem duplicate.

var nome:TextField = _root.createTextField("texto", _root.getNextHighestDepth(), 20, 20, 0, 0);
var email:TextField = _root.createTextField("texto", _root.getNextHighestDepth(), 20, 40, 0, 0);
var descricao:TextField = _root.createTextField("texto", _root.getNextHighestDepth(), 20, 60, 0, 0);
nome.autoSize = true;
email.autoSize = true;
descricao.autoSize = true;

Estamos agora com três instâncias no palco, nome, email e descricao. Com esse código autoSize, qualquer texto ali inserido será automaticamente redimencionado.
Agora por último, mas não menos importante, vamos criar nossa função leia(), que é quem trará os códigos do XML para o Flash.

function leia():Void {
   ponteiro = leitor.firstChild.firstChild;
   nome.text = ponteiro.attributes.nome+" "+ponteiro.attributes.sobrenome;
   email.text = ponteiro.attributes.email;
   descricao.text = ponteiro.firstChild;
}

Bom, dentro da função criei um apontador para o caminho firstChild que pega o primeiro nó e mais um firstChild para pegar o segundo nó, onó dos dados da agenda. Nosso apontador funciona como um atalho e não como um apontador propriamente dito em outras linguagens de programação.

Na terceira linha, a instancia nome chamará um texto, por isso o .text que virá do nosso ponteiro mais o atributo nome. Após isso concatenamos com um simples espaço para separar nome do atributo sobrenome.

Na quarta linha, chamamos o atributo email e na quinta linha chamamos mais um filho, que é onde o texto da descrição se encontra. Com certeza poderíamos colocar como um atributo também, mas geralmente a descrição é um texto longo, onde ficaria difícil de entender a estrutura dos nós.

Para teste, aplique dentro da função leia, esses comandos:

trace(leitor.firstChild.nodeName); // traz o nome do primeiro nó, no cado agenda
trace(leitor.firstChild.childNodes.length); // traz o número de nós filhos de agenda, no caso 4

Uma última dica para acessar sua "irmãs" é com o nextSibling, em nossa estrutura. Para acessar os dados do Tiago Venegas, utilizamos firstChild.firstChild.nextSibling.
O código final fica assim:

var leitor:XML = new XML();
leitor.load("agenda.xml");
leitor.onLoad = leia;
leitor.ignoreWhite = true;
var nome:TextField = _root.createTextField("texto", _root.getNextHighestDepth(), 20, 20, 0, 0);
var email:TextField = _root.createTextField("texto", _root.getNextHighestDepth(), 20, 40, 0, 0);
var descricao:TextField = _root.createTextField("texto", _root.getNextHighestDepth(), 20, 60, 0, 0);
nome.autoSize = true;
email.autoSize = true;
descricao.autoSize = true;
function leia():Void {
   trace(leitor.firstChild.nodeName);
   trace(leitor.firstChild.childNodes.length);
   ponteiro = leitor.firstChild.firstChild;
   nome.text = ponteiro.attributes.nome+" "+ponteiro.attributes.sobrenome;
   email.text = ponteiro.attributes.email;
   descricao.text = ponteiro.firstChild;
   ponteiro2 = leitor.firstChild.firstChild.nextSibling;
   nome2.text = ponteiro2.attributes.nome+" "+ponteiro2.attributes.sobrenome;
   email2.text = ponteiro2.attributes.email;
   descricao2.text = ponteiro2.firstChild;
}

Nosso exemplo acaba por aqui. Cabe a você agora chamar os outros dois nomes ou mesmo alterar os nós e dados contidos neles.
Baixe aqui os rquivos desse tutorial.

A linguagem XML da pra ser aplicada em vários exemplos, desde websites a aplicativos ricos. Fiz um teste recente no meu próprio site http://www.leandroamano.com.br/. É um comboBox preenchido com XML para download de alguns arquivos. Caso não achem, procurem internamente no site, o arquivo estará lá (e meu blog estará pronto... =D).

Grande abraço e até a próxima!



Devido à reformulação implementada no site, pode ser que você encontre alguns links quebrados. Por favor, ajude-nos a corrigir eventuais problemas nos informando links quebrados
1 comentário


Comentário de Márcio Giacomini
| 6/5/2010 - 20:37 |
http://www.marciogiacomini.com.br

Leandro muito bom sua explicação, porém estou tendo um problema numa variação desta ideia. No seu tutorial colocamos cada informação da agenda em um "texto dinâmico" especifico para ela. (ex. nome no text dinamico nome; e-mail no text dinamico email e assim por diante). O que estou tentando e sem sucesso e colocar no caso todas estas informações (nome e email) dentro de um unico texto dinâmico, seria possível? Se puderes colabora com sua opnião fico grato!






Visite o perfil de LEANDRO AMANO no portal PontoFlash

Atualmente é designer, Macromedia User Group Leader, sócio da Amano & Venegas, instrutor Macromedia na ENG DTP & Multimídia em São Paulo - SP e instrutor de Pós Graduação de Engenharia de WebSites na Unicsul - SP. Site pessoal www.leandroamano.com.br