EDUARDO WALMOTT (226 pts)

NILTON BICALHO (61 pts)

HELEN TRIOLO (444 pts)

RÔMULO NUNES (32 pts)

BÁRBARA TOSTES (64 pts)

MANGOOST (80 pts)

PEDRO CLAUDIO (50 pts)

LUIZ HERRERA (117 pts)

JONAS GALVEZ (521 pts)

DENIS CARAVALHO (85 pts)

KEN AWAMURA (130 pts)

MUZAK (45 pts)
Treinamento PontoFlash de Flash e ActionScript

Como tornar palavras inseridas em um scroll em links clicáveis?

Quicktime no Flash.

É possível gravar o conteúdo de campos e variáveis do Flash em arquivos TXT?

Quero que executar uma ação dinamicamente, usando uma variável importada de um TXT.

Quero fazer um objeto ficar pulando no filme randomicamente sem sair do palco. Como o protetor de tela do WindowsXP.

Como criar uma formatação para um texto importado de um TXT?

Como faço para um objeto seguir em um caminho sinuoso?

E o FlashMX não aceita eval para gerar uma variável?

Preciso desenhar um coração no flash.

Tem como chamar informações de um XML randomicamente no Flash?

O que é e como funciona o Math.round?

Queria fazer um objeto subir e descer sob o comando de botões no roll over.

Qual a relação entre pixels e centímetros?

Quero carregar dinamicamente um movie clip para dentro do movie principal.
A história do Flash.

GetMySQLData para Flash5 (primeira parte)

Logo com aparência 3D - Fireworks

Uma enquete usando ASP e Flash.

Editor de banco de dados (PHP-MySql) orientado a Objetos (OOP)

Objeto Color

Desenhando um avião no Flash

Grade sonora.

Formatação Encoded e Decoded

Time Delay

Scroll - Rolagem de textos e Imagens

Objeto Array
Scroll over F5

Alpha

Botão liga/desliga

Plasma2D

3d cube

Shape tween imagem

Comportamento

Rater1

ICQ

Efeito Blur

Vela

Ir e voltar
HOME | TUTORIAIS
Programando objetos 3D em Plataformas 2D como a do Flash
por Zipnedles

Calculando Interseções Raio/Objeto

A álgebra para determinar a interseção da perspectiva de um objeto com uma determinada forma diferente é diferente para cada forma. Complicado? Para simplificar esse problema, representa-se a equação da perspectiva na forma paramétrica. A equação usual de uma reta em três dimensões é da forma:

Ax + By + Cz + D = 0;


   Simpes não é ?

   Agora, tornamos esta equação uma equação paramétrica introduzindo uma nova variável, t, e escrevendo x, y, z como funções de t:

x = x¹t + x°
y = y¹t + y°
z = z¹t + z°


   As coordenadas (x° y° z°) são as do ponto inicial de um objeto, enquanto as coordenadas (x¹ y¹ z¹) representam o vetor unitário na direção do qual o raio está se deslocando. Uma maneira de interpretar o parâmetro t, aí o termo 'representação paramétrica', é como 'tempo'. Assim, no tempo zero, o objeto está na origem. Se t=1, o objeto está a uma distância unitária longe de sua origem (ponto inicial). E podemos concluir que a medida que o tempo passa o objeto se desloca para cada vez mais longe do seu ponto de origem.

Interseções com Esferas

Se o raio de uma perspectiva interceptar um objeto, haverá um valor de t tal que o ponto (x,y,z) seja também um ponto do Objeto. Agora a tarefa é determinar se o tal raio intercepta o objeto ou não, e então encontrar o valor apropiado de t. O conceito é mais simples de entender se for usado a equação de uma esfera, e obtendo o raio r da perspectiva:

x² + y² + z² - r² = 0

 


   Agora, substitui-se as equações paramétricas da reta que exprime o raio nessa equação. O resultado é a seguinte equação quadrática:

(x¹ ²+y¹ ²+z¹ ²)t²+2(x°x¹+y°y¹+z°z¹)t+(x° ²+y° ²+z° ²)-1 = 0


   As raízes dessas equações são os valores de t para os quais o raio da perspectiva intercepta a tal esfera. Obtendo uma solução simples da equação quadrática tem-se duas raízes, a menor das quais representa a interseção mais próxima. Este método de substituição será muito usado para determinar as interseções com objetos. A equação da reta é substituida na equação do objeto. A equação resultante é então resolvida para a variável t. Caso não houver solução com os valores reais , o raio da perspectiva não intercepta o objeto: caso contrário, tem-se o valor de t que corresponde a um ponto de inteseção. Pode-se usar então este valor na definição paramétrica da reta para determinar as coordenadas (x,y,z) do ponto de interseção.

Interseções com Superfícies Quadráticas

Considere a interseção de um raio de uma perspectiva com uma curva quadrática. Ela é similar à interseção com a esfera porque a esfera é um caso degenerado de uma curva quadrática geral. As formas quadráticas mais comuns são o cone e o cilindro, que podem ser representados pela seguinte equação:

ax² + 2bxy + 2cxz + 2sxw + ey² + 2fyz + 2gyw + hz² + 2izw + jw² = 0


   Muito embora a equação cubra qualquer tipo possível de curva quadrática, ela é muito complexa para uma plataforma como a do Flash manipular facilmente (risos...) . Felizmente, a maioria das superfícies quadráticas pode ser representada pela seguinte equação simplificada:

Ax² + By² + Cz² + Ey = D;


   Usando a mesma tácnica de substituir as equações paramétricas do raio da perspectiva na equação da superfície quadrática e resolvendo a equação resultante, serão produzidas uma ou duas equações, dependendo de quantos parâmetros são definidos. As equações possíveis são:

t²(Ax¹ ² + By¹ ² + Cz¹ ²) + 2t +(Ax°X¹ + By°Y¹ + Cz°Z¹) +
(Ax° ² + By° ² + Cz° ² - D) = 0


   e...

t²(Ax¹ ² + By¹ ² + Cz¹ ²) + 2t +(Ax°X¹ + Ey¹ + Cz°Z¹) +
(Ax° ² + By° ² + Cz° ²) = 0


   Novamente as soluções destas equações devem ser valores reais, para que ocorra uma interseção. Com raízes de valores complexos (essas por aí com componente imaginário diferente de zero), o raio da perspectiva não intersepta o objeto. Pode-se testar isto olhando o coeficiente para o qual deve-se calcular a raiz quadrada. Se o coeficiente for negativo , a raiz é complexa; assim, nenhuma interseção ocorre.



Devido à reformulação implementada no site, pode ser que você encontre alguns links quebrados. Por favor, ajude-nos a corrigir eventuais problemas nos informando links quebrados
0 comentário