HELEN TRIOLO (444 pts)

MANGOOST (80 pts)

LEANDRO AMANO (83 pts)

DEN IVANOV (260 pts)

LUI FERNANDO (151 pts)

RÔMULO NUNES (32 pts)

ALEXANDRE PORTO (1281 pts)

SÁVIO PONTE (39 pts)

DENIS CARAVALHO (85 pts)

SYDNEY GANHO (60 pts)

ZECA BALA (45 pts)

DEMIS BUCCI (50 pts)
Treinamento PontoFlash de Flash e ActionScript

Como alterar a cor de um botão depois de clicado e ocorrido o evento?

Como fazer para que a cada "refresh" da página, apareça um banner diferente?

Como eu faço para que no OVER do botão surja um círculo da borda que vai aumentando como se fosse uma luz.

Um preloader para o seu site, atualizado (Jonas Galvez).

Um movie que está no _level0 pode ler uma variável que está no _level1 repetidamente?

Como dar um goto para um quadro de um movieclipe usando uma variável.

Como gravar num TXT e depois recuperar dados enviados por um campo de texto?

Como usar as input type hidden de um form email fornecido pelo HPG para uma página html no flash.

Posso limitar o tempo de permanência de um usuário numa página?

Gostaria de saber pra que servem os levels quando a gente faz um load variables?

Eu quero saber como usar as cenas em relação a textos. Elas funcionam como frames do HTML?

Posso criar um campo de texto do tamanho do meu texto?

Como fazer o FSCommand executar um outro arquivo no FlashMX?

Como faço para importar uma variável e usa-la numa ação do Flash?
Funções : localToglobal() e globalToLocal()

Integrando o Flash com Arquivos de Vídeos II.

Redimensionar um filme no modo de edição

Tween Class

Controlar movimento de uma máscara

Color changer

HACKED - ANONYMOUS

Macromedia Flex

Sistema de busca utilizando Flash + ASP.

Efeito de texto esticado (stretched text).

Controlando MovieClip pelas teclas direcionais.

Controlando alpha via actionscript
Eyes

Cronômetro

Tocha de fogo

Rotação

Menu animado

Transportes

Natal Noel

Droptarget

Airos 2

Collision gravity

Cromatograma

3d geo
HOME | TUTORIAIS
Comunicação Flash-PHp-MySql - Editar banco de dados
por Helen Triolo

Uma aplicação para editar bancos de dados

Veja aqui o exemplo e baixe aqui os exemplos.

Mostrar os dados de um banco de dados no Flash é bem interessante, mas é ainda melhor se você dispuser uma maneira cômoda para adicionar, apagar e mudar os registros neste banco de dados. Com a funcionalidade dos componentes residentes que vêm com o Flash MX, você pode criar um editor que lhe permite, ou ao visitante de algum site, editar facilmente o conteúdo de um banco de dados. Experimente clicando no link acima. Se você gostar, clique em um registro para modificá-lo (escolha "Save Changes" para fazer as modificações se efetivarem), ou clique em "Add Record" para entrar com dados novos (digite no campo de tipo de contato F ou B para ver então seu registro sob "Friends" ou "Business" no menu suspenso (dropdown) e então Salve (Save) para dar entrada do registro no banco de dados.

Para Projetar a Aplicação

Passo 1: a estrutura do banco de dados

Para este exemplo, nós usamos aquela mesma tabela em um banco de dados do livro de endereços (tutorial anterior), acrescentando a ela um campo adicional para permitir-nos distinguir registros de família/amigos de registros de negócios. Esta é a instrução PHP que criou a tabela usada nesta amostra:

$create_tab = "create table contacts(
  contactID smallint not null auto_increment,
  lastName tinytext,
  firstName tinytext,
  phone tinytext,
  email tinytext,
  picFile tinytext,
  caption tinytext,
  contactType char(1),
  primary key (contactID))";
echo "Table contacts was ".
  (mysql_query ($create_tab) ? "" : " NOT").
  " created successfully<br>";

e esta é uma amostra do código para carregá-la com um registro:

$ins_tab = "insert into contacts values
  (NULL,
  'Anderson',
  'Lois',
  '301-424-5555',
  'lois@yahoo.com',
  'lois.jpg',
  'Lois, 2001',
  'F')";
echo "Record insertion was ".
  (mysql_query($ins_tab) ? "successful" : "unsuccessful").
  "<br>";

Passo 2: esboço do palco

Antes de escrever qualquer código, você necessitará de um esboço compatível com o que você quer que o código faça. No caso, queremos quatro coisas:

1) escolher um subgrupo dos registros, ou todos os registros;
2) mostrar estes registros selecionados;
3) estar habilitado a editar um registro, apagar um ou adicionar outro; e,
4) saber o que o programa fez e esperar o que nós faremos em seguida.

Assim, dividimos o palco em quatro áreas, do topo ao fundo, como visto no exemplo e descrito abaixo:

1 - área de seleção de dados: ComboBox para selecionar o tipo de registro a ser mostrado e um botão para opção adicionar registro (Add Record);
2 - área de exibição: ListBox para mostrar registros selecionados e permitir a seleção de um deles;
3 - área de edição: tela contendo campos de entrada que mostram registros e permitem sua edição (ou um novo registro em branco);
4 - área de mensagem: campo de texto para informar ao usuário o que foi feito e o que é necessário ser feito.

Passo 3: método para codificar

Existem numerosas abordagens para codificar uma aplicação como esta. Decidi seguir com um filme de quadro único com código em um arquivo externo, dividido em duas seções: definições de função no início, inicialização e código executável de programa no fim. (As funções devem sempre ser definidas antes delas aparecerem no código executável - mesmo que o Flash não se importe na maioria dos casos, existem situações nas quais o código não executará corretamente se elas não forem definidas primeiro).

   A seção de função inclui funções genéricas (algumas das quais são usadas como manipuladores pelos componentes, caso em que eles são designados ao componente que segue a definição imediatamente sempre que possível), e também manipuladores de eventos para outros objetos no palco. Colocar todo o código em um lugar como aquele, com cada peça de código designada para seu "proprietário" no palco, torna bastante fácil para outra pessoa ver o que o programa está fazendo sem ter que cavar muito ao redor.

   Na seção inicialização/executável, configurei variáveis globais, estilos globais e específicos para componentes, para levar a cabo quaisquer necessidades de inicialização a serem feitas. As variáveis globais incluem uma estrutura (gaFields) para definir os campos em minha tabela de banco de dados (e assim não preciso me referir a cada um deles pelos nomes a cada vez que eu quiser fazer alguma coisa com eles), e uma variável global (gsFilter) para manter o rastreamento das condições do filtro atualmente selecionado (família/amigos, negócios, ou todos). As variáveis globais são indicadas nesta amostra por variáveis que começam com "g", seguidos pela letra que indica o tipo de variável ("a"=array, "s"=seqüência de caracteres (string), seguidas por um descritor. Porque tudo é feito em um único quadro e em uma linha de tempo neste filme, não necessito realmente que as variáveis sejam globais - elas serão acessíveis de dentro de cada rotina de qualquer modo - mas passa a idéia de que elas estão disponíveis a toda rotina e a todo objeto, em todos lugares no programa.

Passo 4: criar scripts PHP

Para esta amostra, criamos três scripts PHP: um para adicionar um registro ao banco de dados, um para atualizar um registro existente (acessado pelo seu campo contactID), e um para apagar um registro (também pelo contactID). Para ver como os scripts PHP se comunicam com o Flash, veja o tutorial LoadVars, nessa mesma seção. Cada um dos scripts passa duas variáveis de volta ao Flash, com sucesso, que é fixado em 0 ou 1, dependendo do resultado da operação, e msg, que é a mensagem a ser mostrada ao usuário. Os scripts podem ser vistos como parte do arquivo zip disponível para ser baixado acima:

   Como mencionado no artigo LoadVars, sugerimos com veemência testar os scripts que você escrever com uma simples forma HTML para primeiro certificar-se que os dados são transmitidos e recebidos corretamente, e então de dentro do Flash com uma operação LoadVars.send, para estar seguro que o dado é transmitido e a string correta passa com precisão para o navegador (browser) antes de ser colocado em uma operação final sendAndLoad.

Na próxima semana "trabalhando com compontentes".

Introdução - Objeto LoadVars - Editar banco de dados

Tradução:
Sérgio Ramalho



Devido à reformulação implementada no site, pode ser que você encontre alguns links quebrados. Por favor, ajude-nos a corrigir eventuais problemas nos informando links quebrados
0 comentário