HELEN TRIOLO (444 pts)

KEN AWAMURA (130 pts)

ZECA BALA (45 pts)

RICARDO TEIXEIRA (40 pts)

RICARDO TAKAHASHI (180 pts)

SYDNEY GANHO (60 pts)

ÉMERSON ROCHA (85 pts)

JOÃO NETO (78 pts)

MUZAK (45 pts)

STICKMAN (155 pts)

SÁVIO PONTE (39 pts)

MARCELO SIQUEIRA (96 pts)
Treinamento PontoFlash de Flash e ActionScript

É possível enviar variáveis de um movie clip para uma cena diferente?

Queria fazer um movie clip aparecer em posições aleatórias.

Como deixar meu filme transparente e tirar o menu padrão do SWF?

Importar variáveis de um TXT, com loadVars em um compontente scrollBar (rolagem).

Máscara e textos importados de um TXT.

Qual a diferença entre _level e _root?

Como faço para concatenar o nome da variável, dependendo do valor de outra?

FlashDecompiler

Como fazer abrir uma janela popup do Flash?

Posso criar um campo de texto do tamanho do meu texto?

Quero que o ícone do mouse mude de forma para um gif que eu definir.

Como criar uma grade no Flash?

Como faço para um moviclip mostrar as coordenadas do mouse e para que um movieclip movimente-se de acordo com o mouse, mas no sentido contrário.

Relógio analógico.
Local Shared Objects primeira parte.

Botões comutadores ou com duas ações.

LoadVariables & OnClipEvent(data).

Load Movie into target (movieclip).

Event Handlers (identificadores de eventos).

Entendendo como funciona um preloader - Segunda parte

Pre-loader simples.

Action Script 2.0 (Primeira Parte)

Componentes no Flash MX

Linha que segue o mouse.

Número randômicos sem repetições no Flash 5.

Criando texto neon.
Color Pick

Catavento

Streching menu

News

Wireframe

Texto com scroll

Caçada

Rastro Luis

Digitalclock

Volume mixer

Arrow

Comportamento
HOME | TUTORIAIS
Objeto XML - introdução.
por Helen Triolo

Arquivos XML (Extensible Markup Language) são uma maneira de formatar dados usando tags similares às tags HTML, mas não predefinidas como aquelas. Ao contrário, você cria as tags (ou usa uma das aplicações padrão XML) que melhor definam sua estrutura de dados.

   Mantendo a correta estrutura XML (tags alocadas dentro de outras e todas as entradas tendo tags de abertura e fechamento), o Flash pode ler arquivos escritos com essas tags XML. O Flash não usa os DTDs (Document Type Definition files) normalmente usados por outras aplicações que reconhecem XML. Ao contrário, o Flash permite que você leia os dados da estrutura XML dentro de um objeto XML, que tem métodos predefinidos e propriedades associadas.

Exemplo de um documento XML

Eis um exemplo de um documento XML, obtido nas novas categorias do site moreover.com (da seção Environment News dentro de Science). A parte verde é o documento atual, que nós editamos para remover todas as tag repetidas de entrada <article> e de fechamento </moreovernews>. O resto são anotações que mostram como as várias partes (nós) se relacionam com o Flash. Depois do gráfico, explicaremos como recuperar o conteúdo desse documento dentro de um objeto XML no Flash.

Uma nota sobre espaços em branco

Na versão original (r30) do player Flash 5, qualquer espaço em branco num arquivo XML (Tecla Enter e espaços entre tags) era lido no Flash como um nó. Nas versões mais recentes do Flash Player 5 e 6, um método foi adicionado ao objeto XML, ignoreWhite, que ignora espaços em branco.

Passos para ler conteúdos de um arquivo XML dentro de um objeto XML do Flash

A leitura de dados XML requer os seguintes passos:

- Defina a função que será executada quando os dados forem carregados (função myLoad no exemplo).
- Crie um novo objeto XML (thisXML).
- Defina ignoreWhite como true (dessa maneira o Flash não tratará quebras manuais (Enter) ou outros espaços em branco no arquivo XML como um nó).
- Diga ao Flash qual função será usada quando os dados forem carregados.
- Carregue os dados!

Um exemplo usando o arquivo XML mostrado acima.

No exemplo abaixo, a função chamada quando o arquivo XML é carregado produz um "trace" em várias propriedades de nós, "child nodes" e propriedades desses "child nodes". Comparando a saída abaixo com o arquivo acima e olhando o código, você poderá ter uma idéia de como as várias funções do objeto XML trabalham.

function myLoad () {
// this function gets executed when Flash has loaded the complete XML file
// it displays node properties for the first 4 levels of nodes found
// in the code, this = the XML object that called this function
// (eg this.firstChild = the first child node of thisXML)

trace("xml declaration: " + this.xmlDecl);
trace("xml doctype: " + this.docTypeDecl);
trace("number of articles: " + this.firstChild.childNodes.length);
trace(" ");
level1Child = this.firstChild;
level2Child = level1Child.firstChild;
level3Child = level2Child.firstChild;
level4Child = level3Child.firstChild;

// note that that last statement could also have been written
// level4Child = this.firstChild.firstChild.firstChild.firstChild; or
// level4Child = this.childNodes[0].childNodes[0].childNodes[0].childNodes[0];

trace("level1: name=" + level1Child.nodeName);
trace(" value=" + level1Child.nodeValue);
trace(" type=" + level1Child.nodeType);
trace(" ");

trace("level2: name=" + level2Child.nodeName);
trace(" value=" + level2Child.nodeValue);
trace(" type=" + level2Child.nodeType);

// the attributes property is itself an object
for (attr in level2Child.attributes) {
trace(" attributes=" + attr + " value=" + level2Child.attributes[attr]);
}
trace(" ");

trace("level3: name=" + level3Child.nodeName);
trace(" value=" + level3Child.nodeValue);
trace(" type=" + level3Child.nodeType);

// the following will not produce any output because level3Child has no attributes
for (attr in level3Child.attributes) {
trace(" attributes=" + attr + " value=" + level3Child.attributes[attr]);
}
trace(" ");

trace("level4: name=" + level4Child.nodeName);
trace(" value=" + level4Child.nodeValue);
trace(" type=" + level4Child.nodeType);
trace(" ");

trace(level3Child.nextSibling.nodeName);
trace(level3Child.nextSibling.firstChild.nodeValue);
trace(" ");

n3 = level2Child.childNodes.length;
trace("number of level3 nodes = " + n3);
trace(" 1st level3 node = " + level2Child.childNodes[0].nodeName);
trace(" 2nd level3 node = " + level2Child.childNodes[1].nodeName);
trace(" 3rd level3 node = " + level2Child.childNodes[2].nodeName);
trace(" last level3 node = " + level2Child.childNodes[n3-1].nodeName);
}

thisXML = new XML();
thisXML.ignoreWhite = true;
thisXML.onLoad = myLoad;
thisXML.load("environment_page.xml");

   Note que mesmo o texto entre as tags é tratado como um nó. Esse é um nó com nodeType = 3 e seu valor está contido na propridade XML nodeValue. A propriedade nodeName é insignificante (=null) para esses nós.

   Nós que parecem tags, por outro lado, tem nodeValue nulo, um nodeName que é a própria tag e são do tipo nodeType 1, como mostrado abaixo.

xml declaration: <?xml version="1.0" encoding="iso-8859-1"?>
xml doctype:
<!DOCTYPE moreovernews SYSTEM "http://p.moreover.com/xml_dtds/moreovernews.dtd">
number of articles: 20

level1: name=moreovernews
value=null
type=1

level2: name=article
value=null
type=1
attributes=id value=_22212934

level3: name=url
value=null
type=1

level4: name=null
value=http://c.moreover.com/click/here.pl?x22212932
type=3

headline_text
Green Party supports logging venture

number of level3 nodes = 10
1st level3 node = url
2nd level3 node = headline_text
3rd level3 node = source
last level3 node = access_status

   Para tentar fazer isso você mesmo, pegue um dos arquivos de notícias em moreover.com. Recorte e cole o código acima na janela de actions no primeiro frame de um filme em branco, modificando o nome do arquivo na instrução thisXML.load. Depois modifique-o como quiser. No próximo artigo mostraremos um exemplo (com arquivos XML e FLA para download) de interação xml e Flash.

Objeto XML - Importando para o Flash - XML viewer


Tradução:
Alê Porto



Devido à reformulação implementada no site, pode ser que você encontre alguns links quebrados. Por favor, ajude-nos a corrigir eventuais problemas nos informando links quebrados
0 comentário