EDUARDO PERROUD (52 pts)

SÁVIO PONTE (39 pts)

FÁBIO DUARTE (79 pts)

SASHA GUDEY (235 pts)

ILVA RUDEV (90 pts)

IRAPUAN MARTINEZ (45 pts)

JOÃO NETO (78 pts)

HELEN TRIOLO (444 pts)

ZECA BALA (45 pts)

STICKMAN (155 pts)

DAAFY (55 pts)

DENIS CARAVALHO (85 pts)
Treinamento PontoFlash de Flash e ActionScript

Preciso que um movieclip se repita de tempos em tempos.

Como faço para buscar de um FlashMovie notícias de um txt?

Qual a melhor maneira de importar um swf criado no Swish para o Flash?

Como carregar arquivos externos (imagens, por exemplo) dentro do FlashMX?

Como é que eu faço um efeito de um objeto crescendo e entrando em foco?

É possível usar meta tags para evitar que os SWF vão para o cache?

Como rolar umas imagens na horizontal, de maneira que elas se repitam continuadamente?

Como posso duplicar 3 movieclips e posicioná-los diagonalmente?

Como fazer um formulário no FlashMX com ASP?

Problemas de envio de mensagem pelo Cdonts (ASP).

Não consigo usar fontes PIXEL no Flash. Transformo ela em imagem?

Movies carregados com load movie online se tornam lentos.

Tenho um arquivo .exe e gostaria que este ao ser executado, preencha a tela toda em fullscreen.

Preciso fazer com que 10 banners fiquem trocando aleatoriamente após 1 minuto, todos eles são em flash.
Flash Intro - Aspectos Básicos do MX

Shapes arredondados no PhotoShop.

Calendário dinâmico

Simulando botões d'água no PhotoShop.

GetMySQLData para Flash5 (primeira parte)

Integrando o Flash com Arquivos de Vídeos I

Shared object.

Ação Imprimir.

Barneys_menu.

Clipes Inteligentes (SmartClip).

Enviando EMAIL com ASP, COLDFUSION E PHP

Gerando pop up's com conteúdo html dinâmico usando script client-side
Arrasta e volta

Função e duplicação

Receber XML

Rayoflight

Magnifier

Lensflare

Bspline1

Mouse cross F5

Spyral draw

Preload com ampulheta

Drawline

Spectrum Sound Analyzer
HOME | TRUQUES E DICAS
Algumas dicas de tipografia.
por Alexo

Pessoal, dei uma traduzida num tópico do livro do Bringhurst para tentar dar uma clareada nessa questão da entrelinha.

"Definição: distância de uma linha de base (baseline) até a próxima.

Entrelinha sólida: por exemplo, 11/11. Ou seja, a face do tipo tem 11 pontos de altura (do topo da letra "d" à base da letra "p") e a distância da linha de base inferior e superior é também igual a 11 pontos.

Entrelinha positiva: é quando a distância entre duas linhas de base é maior que o tamanho da face da letra. Exemplo, 11/13.

Entrelinha negativa: é quando a distância entre duas linhas de base é menor que o tamanho da face da letra. Exemplo, 18/15.

Em textos contínuos raramente se usa entrelinha negativa, e são poucos os tipos de letra que proporcionam uma boa leitura com entrelinha solida.

Em geral, textos pedem entrelinha positiva.

Entrelinhas com 9/11, 10/12, 11/13 e 12/15 são as mais usuais.

Quanto maior o corpo, maior a entrelinha necessária.

Quanto mais escuro o tipo, maior a entrelinha necessária. (bold x light, p. ex.)

Quanto maior a altura do corpo, maior a entrelinha necessária.
(tipos mais altos x tipos estendidos)

Tipos como Bauer Bodoni (mais escuro e com um eixo vertical rígido) pedem uma entrelinha maior do que tipos como Bembo, mais claro e com um eixo inclinado (escrita humana).

Tipos sem serifa também pedem entrelinha maior que tipos serifados.

Uma entrelinha maior tb é bem-vinda quando o texto contém (ou se torna "apertado" com) tipos sobrescritos, subscritos, expressões matemáticas ou uso freqüente de maiúsculas. Um texto em alemão poderia ter um pouco mais de entrelinha que um texto em línguas latinas ou francês, por exemplo, baseado na maior ocorrência de maiúsculas no alemão."

Nas fontes serifadas, a serifa surgiu como uma forma de 'imitar' a continuidade das letras na escrita. Entretanto, isso acaba contribuindo para direcionar os olhos do leitor. Daí a maior facilidade na leitura e por isso ela é mais indicada para textos maiores.

Alem da fonte, outros fatores também influenciam na leitura, como a entrelinha ou, no caso de jornais, por exemplo, a largura das colunas.

Tudo isso é estudado e ajustado ao olho e ao cérebro humanos. Colunas muito extensas causam uma certa perda de continuidade entre uma linha e outra, por exemplo.

Letras minúsculas também são mais facilmente reconhecidas do que as letras maiúsculas, uma vez que os espaços entre as hastes ajudam a criar espaços que ajudam essa identificação.

E por último, convém lembrar que, a maior parte das fontes que utilizamos foram desenvolvidas originalmente no papel e, por isso, não levam em consideração questões como resolução, pixels, aliasing etc.

A Verdana, é uma das fontes desenvolvidas diretamente no micro, sem interferência do ápis, digamos assim. Daí sua indicação para utilização em textos que serão lidos na tela.

Qualquer discordância ou falha minha, corrijam-me.

Paulo Sérgio de A. Nunes

 

Só acrescentando, um bloco de texto muito longo em tipo não serifado pede mais entrelinha, além de, em muitos casos, este bloco se tornar um tanto cansativo devido a inexistência ou baixa ênfase (aquela transição grosso/fino nos traços).

e se a gente trouxesse pra pratica essa discussão?
por ex, escaneando e ampliando pequenos trechos de texto pra gente poder tentar descobrir o nome da fonte, entrelinha, entre-letra, tamanho das colunas e todos aqueles opcionais que influenciam?

Alexo


0 comentário